Apresentação de Jader Pires para O guia do coração partido

O texto abaixo foi escrito pelo talentoso escritor Jader Pires e está na orelha do próximo lançamento da Lúcida Letra, O guia do coração partido: conselhos budistas para as dores de amor, de Lodro Rinzler.

 

 

Sempre acho curioso quando as pessoas me falam que o amor dói, que ele machuca. Mas o que diabos não causa sofrimento nessa vida?

Brigas entre amigos, arranca-rabos de família, a promoção que não aconteceu no trabalho, a frustração de não conseguir fazer exercícios físicos, se alimentar direito, ver alguém precisando de ajuda na rua e se sentir impotente. Relações. Nossas relações com o outro, com o mundo, com a gente mesmo.

Mas, de alguma maneira, achamos que o amor deveria ser o escapismo desse mundo que machuca.

Pois erramos. Falhamos miseravelmente. E ainda bem! Quanto antes percebermos isso, melhor. E é disso que precisamos agora. De investigação. Entender porque dói e como dói. Compreender. É aqui que este livro entra. “O guia do coração partido” é o primeiro amigo que você vai encontrar para sanar as dores mais imediatas, as angústias de primeira instância. É só a toca do coelho, em que precisamos entrar e compreender como agir, tanto quando precisamos de ajuda quanto quando podemos ajudar muito!

Ver que é mais graça que drama e rir de tudo isso. Porque o amor é uma coisinha de nada. É o cotidiano do cotidiano.

E por isso é tão grande.

Jader Pires, autor de Do amor, Deserto negro e Ela prefere as uvas verdes.

 

 

Foto da Verne Ho